Wana Química

Lançamento de projeto envolvendo Prolata e Abrecon fará setor avançar no atendimento à política nacional de resíduos sólidos

06/09/2017 - 14:09

O Programa Prolata teve mais um importante avanço no trabalho para atender às exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

Durante a Concrete Show, feira realizada de 23 a 25 de agosto em São Paulo, o programa firmou parceria com a Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição - Abrecon, que permitirá ampliar a capilaridade da sua atuação, assim como o volume de latas de aço pós-consumo destinado à reciclagem. Com isso, o setor de tintas, representado pela Abrafati, e o de embalagens de aço, representado pela Abeaço, fortalecem ainda mais as suas atividades voltadas para o cumprimento da PNRS.

Fazem parte da Abrecon mais de 30 empresas de vários pontos do Brasil que se dedicam à gestão dos resíduos da construção civil e demolição (RCDs), operando como ATTs (áreas de triagem e transbordo) e na produção de agregados reciclados (brita e outros). “Com a Resolução 469/2015 do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), que incluiu embalagens vazias de tintas imobiliárias na classe B (recicláveis), essas empresas passaram a poder atuar na sua triagem e no seu encaminhamento para uma destinação adequada, contribuindo para o aumento da reciclagem de aço pós-consumo no País”, destaca Maria Rita Demitró, coordenadora de Sustentabilidade e Inovação da Abrafati.

O acordo firmado envolve inicialmente um projeto-piloto, com algumas ATTs, que será ampliado ao longo dos próximos meses.

  Mais notícias

OCQ Covestro langguth Abrafati