Wana Química

Virada da Mobilidade traz inovação da Dow e Indutil em projeto de infraestrutura urbana de São Paulo

29/09/2017 - 16:09

A edição deste ano da Virada da Mobilidade (de 17 a 23 de setembro, em São Paulo) trouxe tecnologia da Dow, empresa do setor químico, em projeto de mobilidade urbana. Em parceria com a Indutil, a companhia ajudou a transformar a Rua João Carlos Borges, acesso da Estação Berrini da CPTM, em São Paulo, em um espaço mais moderno, seguro e esteticamente agradável para a circulação de pessoas. A iniciativa está diretamente ligada à estratégia da Dow de fomentar soluções para melhoria da infraestrutura urbana.

Por meio da tecnologia inovadora para demarcação viária da Dow e Indutil, a calçada desta rua foi expandida permitindo uma área maior de convivência ao priorizar as necessidades dos pedestres, em linha com a tendência mundial de design urbano.

Em consonância com o ritmo acelerado das grandes cidades, a formulação desenvolvida pelas empresas é mais fácil de ser aplicada e possui rápida secagem, o que garante maior agilidade e produtividade. Além disso, é mais sustentável, com baixa emissão de substâncias tóxicas, e proporciona maior durabilidade e resistência a intempéries. Esse projeto foi apresentado à população no último domingo, 24 de setembro.

“Acreditamos que as soluções de mobilidade urbana e cidades inteligentes passam por inovações e sistemas construtivos mais eficientes, que sejam melhores para as empresas, para a sociedade e para o meio ambiente”, diz Vanessa Grossi, gerente de marketing para o negócio de Construção da Dow. “Como um dos focos da área de infraestrutura da companhia é a mobilidade, investimos na colaboração para acelerar a adoção de tecnologias de alto desempenho e mais sustentáveis para espaços de grande circulação”, finaliza a executiva.

“Nossa empresa investe no maior bem que pode existir: a vida e a segurança dos usuários de vias e rodovias do Brasil. Desta forma sempre apoiamos inciativas que visam à melhoria da acessibilidade e mobilidade urbana”, diz Heverton Moreira, gerente comercial da Indutil. “Com foco na inovação e desenvolvimento sustentável, defendemos o uso de novas tecnologias que ofereçam qualidade, excelente performance e proteção, e que estejam alinhadas às necessidades atuais da sociedade brasileira”, diz o executivo.

Sobre a solução Dow utilizada no projeto

A tinta utilizada para demarcar a ampliação da nova calçada da rua João Carlos Borges é a Acquabike, da Indutil, que conta com a tecnologia Maincote AEH da Dow, um híbrido que une a resistência química do epóxi com a resistência UV de um acrílico.

A solução possui alta performance e ótimo custo-benefício para sinalização de vias e estacionamentos. Um dos exemplos de aplicação são as ciclofaixas, que, em função dos planos de mobilidade das principais cidades da América Latina, têm apresentado um crescimento em quilometragem expressivo por toda a região. Essa tecnologia para revestimento já foi aplicada em outros importantes locais da capital paulista, como a Praça da República e a Avenida Sumaré, e em marcações da ciclofaixa de Copacabana, no Rio de Janeiro.

  Mais notícias