Coral elege "Adorno Rupestre" como a cor do ano

13/09/2017 - 10:09

Tom cinza rosado é a aposta da marca

Por meio de seu estudo global de tendências de cores, o ColourFutures 18, a Coral apresentou a cor do próximo ano: Adorno Rupestre. "Trata-se de um tom suave e quente que remete às pinturas dos primeiros abrigos da humanidade e ao aconchego da madeira natural, além de contribuir para um ambiente acolhedor", conta Fernanda Figueiredo, gerente de cores e comunicação de Marca da AkzoNobel Tintas Decorativas. Ela conta que a tonalidade se destaca em um momento de imprevisões e insegurança em todo o mundo, capturando o desejo em comum de uma casa que acolhe, sentimento eleito como tema central do estudo, que comemora, em 2018, sua 15ª edição.

“O ritmo acelerado, o grande volume de informações e as divisões da sociedade nos deixam inseguros sobre o que vamos encontrar da porta para fora. Por isso, o lar se torna cada vez mais importante. Precisamos que ele seja nosso santuário, o lugar onde podemos diminuir o passo, recarregar a energia e nutrir nossos valores”, diz Fernanda.

Uma extensa pesquisa, que envolveu experts em cores da AkzoNobel e 11 designers e observadores de tendências ao redor do mundo, ofereceu uma ampla visão sobre diferentes reflexões e culturas. "Assim, a companhia pôde capturar o estado de espírito do momento com a certeza de sua relevância universal. Nossa Cor do Ano de 2018 realmente capta o clima do momento. ‘Adorno Rupestre’ e suas quatro paletas de cores complementares ajudarão os consumidores a alcançar uma casa que seja verdadeira e exclusivamente deles, trazendo um sentimento de segurança e tranquilidade”, reforça Fernanda.

Para a versão 2018 do ColourFuture, a AkzoNobel contou com a participação da dupla de artistas plásticas brasileiras Adriana Pedrosa e Carlota Gasparian. Elas contribuíram ativamente em todo o processo de identificação de tendências, levando insights sobre o que está influenciando o comportamento da sociedade no Brasil e na América Latina. Dentre as temáticas emergentes no país, destacam-se a incerteza e a fé. Em uma época de instabilidade, as pessoas tendem a sair do automático e ter fé na natureza, nas crenças ancestrais e nas próprias habilidades. “Há, hoje, um movimento de resgate espiritual aliado às culturas popular e ancestral por meio de rituais e crenças que trazem bem-estar - conexões com plantas, animais, as culturas indígena e xamânica”, relata Carlota Gasparian.

A dupla também destacou o resgate das habilidades manuais e dos antigos conhecimentos para novas gerações como uma temática bastante atual na região. “É a volta dos sentidos. A criação de novas habilidades, como crochê, pintura, marcenaria, culinária e costura, será cada vez mais o ‘novo luxo’. O seu é único”, explica Adriana Pedrosa.

“A cor de 2018 é um tom de terra rosado suave, remetendo justamente à nossa busca pelo pertencimento. O próprio nome ‘Adorno Rupestre’ resgata a conexão com o passado. As representações gráficas feitas pelos seres humanos pré-históricos nas rochas foram uma das primeiras maneiras que encontramos de nos expressar e personalizar nossos espaços”, complementa Fernanda.

As paletas de cores do CF18

O ColourFutures 18 identificou três perfis e revelou como cada uma deles reage ao espaço: Afetuosa, Aberta e Tranquila. O ponto em comum é o fato de todas buscarem uma casa que acolhe, o que é traduzido na paleta de cores. Complementam o estudo outras três paletas, cada uma delas ligadas as três perfis, respectivamente: “A Casa Reconfortante”, “A Casa Convidativa” e “A Casa Lúdica”. No total, são 37 tonalidades, sendo que cada paleta possui a Cor do Ano e outras nove nuances.

Adorno Rupestre

Sintetiza o tema central do estudo Uma Casa que Acolhe. Versátil, com o chocolate suave fluindo para tons mais ousados de azul noite e violeta, a coleção de cores traz equilíbrio e oferece uma sensação de conexão. Tecidos de texturas delicadas contrastam sutilmente com a lisura do mármore e do cobre, e móveis usados convivem com peças mais novas de formas geométricas. Há também a conexão com a natureza, mas sempre com a tranquilidade de estar em casa.

Casa Reconfortante

Identificada por um perfil de morador mais afetuoso, retrata o ambiente para recarregar as energias. Madeiras aconchegantes, couro, seda e veludo são combinados para criar um espaço com tal característica. Os ambientes são permeados por cores profundas, como terracota, acompanhadas por texturas. As peças são feitas à mão, e os materiais são táteis. Os tons quentes de terra dessa paleta dão um senso de conforto.

Casa Convidativa

Ligada a personalidade aberta, faz jus ao nome; traz conforto e conveniência para quem busca fortalecer os laços com a família e os amigos. A luz natural adentra o espaço, os sofás enormes acolhem a família, e todos se reúnem na mesa de jantar. Os tecidos são algodões e linhos, e o estilo é informal. A paleta é para aqueles que querem se conectar com as pessoas que lhes são mais importantes.

Casa Lúdica

O lugar é ideal para se inspirar nos músicos, autores e artistas favoritos, recebendo amigos que pensam de forma parecida. Há um senso de energia com pontos focais de cores vibrantes e plantas nas paredes. Verdes amarelados e dourados ajudam a estimular as sinapses e encorajam uma abordagem criativa para a vida.

Teste Fácil

A Coral oferece como grande novidade o Teste Fácil. Trata-se de um teste de cor pronto para uso. A embalagem contém 30ml de tinta e um rolo embutido. “Lançamos o Teste Fácil com o objetivo de possibilitar que o consumidor experimente a cor de 2018 na sua parede de maneira fácil, prática e rápida”, conta a gerente Fernanda. O Teste Fácil, disponível a princípio apenas no tom “Adorno Rupestre”, pinta uma área de até 30cm x 30cm e pode ser encontrado nos principais home centers e lojas de tinta de todo o país. O preço sugerido é de R$ 9,90.

  Mais notícias

Coral Montana Química Sayerlack Anuncie aqui