Tintas Killing doa 432 litros de tinta ao projeto de revitalização do Muro da Mauá

29/10/2021 - 14:10

A gaúcha Tintas Killing não poderia ficar de fora da grande homenagem que Porto Alegre receberá ao completar 250 anos de história, em 2022. A indústria de tintas será empresa parceira no projeto de revitalização do Muro da Mauá, conduzido pelo consórcio entre as empresas H Mídia e Sinergy, adotantes do espaço. A Killing patrocinará, durante dois anos, as “paredes verdes”, 24 espaços revestidos com plantas ao longo do muro, que embelezarão o local e também contribuirão para a redução da poluição sonora e do ar. Além disso, a marca também doará 432 litros de tinta divididos entre Kisacril Premium Tinta Acrílica Semibrilho, nas cores branca, preta e verde quadra, e Kisalux Esmalte Premium Brilho, na cor cinza, para a utilização nas demais pinturas e obras artísticas que transformarão o local, que é um dos símbolos arquitetônicos da capital gaúcha.

As ações em homenagem à cidade vêm de encontro com os princípios da Tintas Killing que visam a valorização e o desenvolvimento dos locais e das comunidades em que a marca está inserida, principalmente, quando se trata da capital do próprio Estado. “A cidade de Porto Alegre é imensamente importante para o crescimento e desenvolvimento, não apenas da Tintas Killing, mas de todo nosso Estado. Além de ser encantadora, é também uma grande riqueza cultural e histórica para todos nós. Nossa participação nas ‘paredes verdes’ vem do entendimento de que a sustentabilidade está intimamente ligada à arquitetura e ao paisagismo moderno, além de ser, também, um de nossos propósitos. Nos alegra contribuir com o projeto do Muro da Mauá que colabora para que a capital tenha de volta a oportunidade de relacionar-se melhor com o rio e o Cais Mauá, um espaço que ficou fechado por décadas e, agora, se abre à população gaúcha. Essa ação também fará parte das comemorações dos 60 anos da Killing, celebrados em 2022”, comenta Guilherme Medaglia, gerente de marketing da Killing.

A diretora de comunicação e relacionamento com o mercado da H Mídia, Juliana Silveira, afirma que o projeto é um grande avanço na melhoria dessa área de suma importância para os porto-alegrenses e também para os visitantes que atravessam a capital. “A contribuição do poder privado é uma solução que viabiliza a transformação, o acesso à informação e o substancial trato de um espaço que é de todos e que pode promover beleza, cultura e história sob o investimento de marcas coadotantes, amigas da cidade, convidadas pelo consórcio idealizador e adotante legítimo do espaço. É o caso da Tintas Killing, que assina as ‘paredes verdes’ do nosso Muro, contribuindo na diminuição da poluição na região e no embelezamento da Avenida Mauá”, completa Juliana.

Muro da Mauá

O Muro da Mauá, localizado na Av. Mauá, Centro Histórico de Porto Alegre/RS, às margens do Rio Guaíba, foi construído em 1970, mas já era planejando desde 1941, quando uma enchente inundou o Centro da capital gaúcha. Com extensão de 2,6km pela avenida, 3m de altura acima do solo e mais 3m abaixo, a edificação faz parte de um sistema de proteção contra as cheias do Guaíba. Recentemente, a Prefeitura de Porto Alegre abriu chamamento público para a adoção do local, a fim de que esse fosse revitalizado e passasse a fazer parte da vida da população de forma mais interativa e construtiva.

O projeto escolhido para adotar o Muro da Mauá foi do consórcio das empresas H Mídia e Sinergy, que estão autorizadas a usar até 15% do espaço para fins publicitários das próprias empresas e de empresas parceiras à realização do projeto. A revitalização prevê, além das “paredes verdes”, painéis que contarão a história da cidade, exaltarão as artes, a educação e a cultura local, com direito a representatividade da dupla Gre-Nal e a um grande letreiro de Porto Alegre, com cascata ao fundo, pensado especialmente para registros em fotos e selfies. A obra completa deverá ser entregue até 26 de março de 2022, aniversário de 250 anos da capital gaúcha. 

  Mais notícias

Koretech Luztol Anuncie aqui